Curti

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

ENCONTRO SOBRE O AUTISMO

Linguagem e Compreensão do Autismo.

Mediadores:
Fonoaudiólogo e Professor: Montgomery Silva Pinheiro
Professora Mestra: Vera Lucia da Silva Costa, Coordenadora Técnica Pedagógica da Educação Especial
Equipe da Escola e Mediadores
 Dicas para favorecer a compreensão da linguagem.




#QUEMFAZMARTAFAZADIFERENÇA!
  
PLANEJAMENTO DAS TURMAS DE ALFABETIZAÇÃO: 
1º AO 3º ANO

Pauta:
Replanejamento 

Objetivo: Replanejar em cima das dificuldades apresentadas pelos alunos das turmas de alfabetização no 1º semestre, após avaliação diagnóstica.  O planejamento teve a participação da Coordenadora Pedagógica Geral Maria Lêda Fernandes Paulo!!!
Professora Ivanilza do 2º "A" abordou o assunto "operações com reserva.





Professora Jussara 3º "B" abordou o assunto "acentuação"


Estagiário Thomas abordou o assunto "sons do X"
Professora Aldenoura Neris do 2º "B" abordou o assunto "medida de tempo"
Estagiária Dalvanira abordou o assunto "consoante + R





Coordenadora Pedagógica Geral da SEMEC, Lêda Fernades, falando sobre as dificuldades apresentadas pelos alunos.



#QUEMFAZMARTAFAZADIFERENÇA!

 


segunda-feira, 7 de agosto de 2017

terça-feira, 4 de julho de 2017

Arraia da Diferença

PROGRAMAÇÃO JUNINA 2017
      Boa tarde!
     Junho é o mês da quadrilha nas escolas brasileiras. Aliás, não só dela, como também da roupa xadrez, das comidas típicas, dos bigodinhos desenhados com lápis e das trancinhas falsas nos cabelos das meninas. Mas será que tudo isso acaba em junho mesmo!?
     O Arraiá da Diferença da Escola Marta Bezerra vem mostrar que não, que julho também tem tudo isso e muita animação.
Faremos uma viagem as festas caipira nas regiões do Brasil!
     A festa junina é conhecida popularmente por seu caráter alegre, com brincadeiras, comidas típicas, simpatias, etc. São vários os símbolos dessa festa, mas os mais importantes são:
     *A fogueira – criada desde os tempos mais antigos para agradecer pela fertilização da terra e pelas fartas colheitas. Além disso, por manifestar tanto o bem quanto o mau; o bem por representar a criação, a luz, e o mau por ser um elemento destruidor. Cada santo junino tem um tipo diferente de fogueira, sendo a de santo Antônio quadrada, a de são João redonda e a de são Pedro triangular.
     *Os balões foram criados para lembrar as pessoas do início da festa. Porém, essa prática deu início à grandes incêndios, e passou a ser proibida. Hoje existe uma lei que proíbe o uso dos mesmos, a fim de evitar maiores acidentes.
     *As brincadeiras – que também fazem o maior sucesso nos arraias

1 ª apresentação
A turma de SISTEMATIZAÇÃO agora, vem trazendo um pouco dessa história.

     Dando a volta pelo Brasil, chegamos na região Sudeste onde as festas são muito ecléticas, e reúnem familiares e amigos em torno da fogueira para dançar quadrilhas e forrós, e oferecer verdadeiros banquetes de comidas típicas. Muitas igrejas e instituições promovem grandes festas com o objetivo de arrecadar fundos para ações sociais, assim como nós que arrecadamos fundos para promover os eventos da nossa amada escola.
     Nessa região não pode faltar a quadrilha nem o SERTANEJO está sempre presente e aqui será representado pelo anos dos 3º ano B, das professoras Jussara e Preta.
2ª apresentação


     Na região Norte do país, encontramos a homenagem aos santos, tem início em junho e termina apenas em dezembro, com São Benedito. As comunidades se unem e promovem grandes festas, atraindo turistas de todo o país e de outros continentes. Na região Belém/Parintins/Manaus, no lugar da quadrilha, ouve-se a toada do boi-bumbá, tradição que começou ainda na época da colonização portuguesa. O momento mais aguardado da festa é a disputa entre os grupos Boi Garantido (vermelho) e Boi Caprichoso (azul), no Bumbódromo de Parintins.
E aqui na turma de tia Josiane fará a homenagem a essa região.
3ª apresentação

     Todo nordestino é apaixonado pelo som de trios e pé de serra. Além de muito forró, as pessoas ornamentam suas casas com bandeirinhas, e fazem questão de acender na frente de casa uma fogueira. Em todas as cidades são organizados arraiais, onde acontecem as apresentações de quadrilhas. A maioria das pessoas fazem questão de se vestir à caráter e até os bebês entram no clima.
Ao som de forró, as festas juninas do Nordeste duram mais de um mês. O São João está presente em todo o Estado, e muitas cidades conservam tradições, como Em Campina Grande (PB), as principais atrações ficam por conta dos shows no Parque do Povo e da brincadeira conhecida por "trem ferroviário", quando os passageiros viajam dançando nos vagões ao ritmo de forró.
Vem aí os 1ºs anos com o trem do forró!
4ª apresentação

     No Sul o período de solstício de inverno, tão próximo ao dia de São João, traz frio, muito frio à serra gaúcha. As festas para celebrar essa data conquistadas pelas fogueiras, pelas bandeirolas coloridas e por delícias gastronômicas, como o tradicional quentão (pois estamos em uma região produtora de vinhos), os doces à base de amendoim e muito pinhão. Roupas de gaúchos e prendas se misturam aos vestidos e roupas caipiras, numa prova de que as culturas se misturam nestas terras.
E agora com muita animação os alunos do 2º ano A de tia Ivanilza, irá abrilhantar esse momento. Simboraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!
5ª apresentação


     Finalmente chegamos ao Centro-oeste, as festividades juninas mobilizam toda a população com a decoração de escolas e comércios. A festa também é influenciada pelas tradições dos países que fazem fronteira com a região, como o Paraguai. Além da quadrilha e dos pratos típicos, as festas acontecem ao som da Polca e ao gostinho da sopa paraguaia (uma espécie de bolo de queijo). O ritmo do forró também é muito presente e anima que também festa a homenagem aos santos SÃO JOÃO, SÃO PEDRO E SANTO ANTÔNIO.
Vamos embora tia Neris homenagear nossos santos com a turma do 2º ano “B”.
6ª apresentação

E para encerrar nossa viagem, chegamos na Escola Marta Bezerra onde os professores e os alunos comemoram com muito animação os festejos juninos!

7ª e última apresentação 

Fotos do Evento